#4 Stop, Look, Listen, Feel: Busque Situações Extremas

tumblr_inline_ob8zr0M7wr1tk7sus_540.png

Dando continuidade à nossa série de posts ‘Question Everything’ (Questione Tudo), baseada no trabalho do livro “Thoughtless Acts?” de Jane Fulton Suri, e combinada com nossas próprias observações como etnógrafos e fotógrafos de rua, trazemos a quarta dica: 

Uma forma muito útil de compreender a relação e experiências que as pessoas têm com os objetos e seu ambiente é procurar situações extremas. 
Isso nos permite buscar experiências para além do que já sabemos ou vivemos no nosso dia-a-dia, a fim de perceber algo novo.

tumblr_inline_oadiffbG5m1tk7sus_540.jpg

Usuários intensos muitas vezes podem ter um relacionamento mais complexo ou íntimo com objetos ou espaços, podendo revelar mais do que usuários moderados. Seus exemplos específicos nos permitem ver padrões, temas e condições limítrofes em torno da experiência que pode não ser trivial.

tumblr_inline_oadiex5qSu1tk7sus_540.jpg

Suri argumentou que isso pode depender muito de cada projeto, por isso é difícil falar de forma geral. “Digamos que estamos projetando uma máquina
de lavar roupa; podemos visitar alguém que lava roupas profissionalmente, alguém que é responsável pela lavagem de peças delicadas, em um lugar onde a água é um recurso precioso ou onde as pessoas lidam com situações de extrema sujeira – ou seja, situações que podem ser de alguma maneira invisíveis.