Arte na cidade

Não podemos pensar na cidade como uma entidade parada. Ao contrario, ela é um ponto de inflexão onde se encontram os fluxos da arte, do urbanismo, das diferentes classes sociais e mais um sem fim de movimentos. Na revista São Paulo, da Folha, a repórter Juliana Vilas conta como dois jovens grafiteiros tiveram a ideia de transformar as lixeiras de concreto da avenida paulista em obras de arte. Como falaram para a matéria: "A ideia é interagir com o mobiliário da cidade, propondo um novo tipo de linguagem e colocando a arte ao alcance de todos. É bacana ver as pessoas surpresas quando passam e reparam que objetos cinzentos, que sempre estiveram ali, agora estão coloridos, com desenhos bem humorados"

Os artistas pintaram uma das lixeiras para parecer uma caixa de som. Ainda, colocaram dentro desta um radio tocando musica, criando um efeito quase magico no meio do concreto. A caixa de som, nos parece, é uma projeção artística dos sons que a cidade, e por conseguinte seus habitantes, estão querendo externalizar.

Ouvir é preciso.